Veteranos - Campeonatos

Gerência de Esportes
20 º CAMPEONATO INTERNO DE FUTEBOL DE CAMPO VETERANOS DO RIO BRANCO - 2018

 

R E G U L A M E N T O

CAPÍTULO I
DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

Art.1º - Esta competição, organizada pelo Rio Branco Esporte Clube, reger-se-á pelas normas gerais estabelecidas neste Regulamento, respeitadas as Normas Especiais peculiares ao Futebol de Campo Oficial.

§Único - O disposto neste Regulamento não se aplica às competições promovidas por outras categorias de Esportes praticados no Rio Branco Esporte Clube.

Art. 2º - As disposições relativas à Fórmula da Disputa do 20º Campeonato Interno de Futebol de Campo Veteranos 2018, não poderão ser alteradas após o início da competição, salvo disposições em contrário, que visem à perfeita harmonia do evento.
Art. 3º - Para que uma equipe e/ou associado venha a disputar o campeonato em questão, é indispensável que satisfaça as condições previstas nas normas vigentes. Portanto, as equipes e/ou atleta se obrigam a cumprir a Tabela de Jogos, respeitando datas e horários. Estabelecidos, salvo disposições estabelecidas neste Regulamento.
Art. 4º - As equipes e/ou associado que tenham concordado em participar do campeonato em questão reconhecem a Comissão Organizadora e Disciplinar como instância intermediária e o Conselho Administrativo como instância definitiva, para resolver as questões entre si ou entre elas e a própria Comissão.
§Único -
A equipe e/ou associado que não cumprir o disposto neste artigo, ou que se valer de decisões estranhas à Comissão Organizadora e Disciplinar ficará, automaticamente, desligada (o) da competição.

CAPÍTULO II
DAS FINALIDADES E ORGANIZAÇÃO

Art. 5º - Este campeonato, tem como finalidade principal propiciar aos associados inscritos o incremento do bom relacionamento e a exaltação da prática desportiva como instrumento de superação das individualidades, fortalecendo a união entre todos os atletas.

CAPÍTULO III
DA COMISSÃO ORGANIZADORA E DISCIPLINAR

Art. 6º - É nomeado pelo Presidente do Rio Branco Esporte Clube - Amparo.

Art. 7º - Competirá à Comissão:

a) Elaborar e aprovar o Regulamento do presente campeonato e homologar ou não as inscrições;
b) Conferência das inscrições das equipes com relação ao número de atletas e situação financeira mensal perante a associação (as situações de inadimplências serão passadas aos respectivos representantes de equipes com antecedência de 24 horas antes do início da partida, para que os mesmos tomem as devidas providências de regularização);
c) Aceitar ou não indicações de Representantes ou Substitutos;
d) Elaborar, modificar e aprovar a tabela de jogos;
e) Dirigir o campeonato, zelando pelo integral cumprimento de seu regulamento;
f) Homologar as súmulas dos jogos;
g) Julgar, em última instância, os casos disciplinares, estatutários e administrativos que se fizerem necessários.
h) Cada equipe deverá disponibilizar um atleta para preenchimento e acompanhamento das sumulas.

CAPÍTULO IV
SEÇÃO I
DA CONDIÇÃO DE JOGO DOS PARTICIPANTES

Art. 8º - Só poderão participar do campeonato os associados do Rio Branco Esporte Clube e seus respectivos dependentes e funcionários Do Rio Branco Esporte Clube.

§ 1º - Deverá ser paga na Secretaria Social uma taxa de inscrição no valor de R$ 120,00 (cento e vinte) reais para os novos atletas, e o pagamento da mensalidade no valor de R$ 60,00 (cinquenta) reais mensais por associados e funcionários. O pagamento da taxa de inscrição por atleta deverá ser efetuado antes da primeira participação do associado no Campeonato.
§ 2º -
Não será permitida inscrições de associados que não estejam em dia com a Associação, entendendo-se por isso os pagamentos de mensalidades, nos dias previstos no regulamento da instituição. Casos contrários serão considerados inadimplentes.
a) Quem jogou no campeonato passado e se desligou logo após o fim do campeonato sem nenhuma pendência volta a pagar o clube normalmente a partir do retorno. Para participar do campeonato paga uma taxa de R$ 60,00 (cinquenta) reais para dispensa da carência prevista no Regimento Interno. Caso haja vaga.
b) Quem jogou campeonato passado, não se desligou, mas está inadimplente com mais de 2 mensalidades deve pagar as últimas 2 (duas) devidas para participar do futebol e retomar os pagamentos normais a partir de seu retorno caso tenha vaga.
c) Quem foi desligado por qualquer motivo, caberá a Comissão Disciplinar tomar a decisão do retorno ou não do associado junto ao convívio com os demais.
§ 3º -
Fica estabelecido o numero de 17 (dezesete) atletas inscritos por equipe. É vetada a participação de atletas profissionais de futebol.

§ 4º - Fica estipulado o vencimento da mensalidade até o 2º Sábado do mês seguinte. (exemplo: mês de janeiro = vencimento até o segundo sábado de fevereiro)

§ 5º - Os atletas inadimplentes durante 01 mes, não poderam jogar o campeonato, até ser quitado o pagamento. Cabe ao capitão ou representante da equipe avisar o atleta que ele não está hápto a jogar. Se mesmo assim o atleta jogar, haverá perda de pontos da equipe desta partida, caso ela tenha empatado ou vencido, contando como derrota para efeito de classificação .Os pontos não serão passados para a equipe adversária. Para a equipe adversária vale o resultado do jogo. Os gols também valem para saldo de gols, artilharia e gols sofridos nos goleiros. Para o atleta haverá punição de 01 jogo de suspensão, a ser cumprido no jogo seguinte, caso seja reincidente, será eliminado do campeonato.

§ 6º - Os atletas que faltarem em seus jogos por motivo de disputa de campeonatos paralelos será avaliada a situação de condição da participação no campeonato.
Art. 9º - Os participantes deste campeonato deverão conhecer este Regulamento, bem como as regras esportivas vigentes do Futebol de Campo e assim se submeterão, sem recusa alguma, a todas as consequências que possam dele emanar.
Art. 10º - As equipes remeterão à Comissão Organizadora uma relação de atletas, de acordo com os prazos previstos nas Normas da Competição.

Art. 11º - Cada equipe deverá designar um representante e um substituto que a representará, junto à Comissão Organizadora e Disciplinar, para efeito de inscrição, controle disciplinar e outras medidas administrativas julgadas necessárias.

§ 7º - Os atletas que faltarem mais de 04 partidas durante a fase de classificação, não poderão automaticamente disputar as semifinais e finais, caso o seu time se classifique. Salvo casos específicos, como trabalho, luto, problema de saúde e contusão, avisados antecipadamente a partida ourelatado na súmula pelo seu capitão.

§ 8º - Os atletas que tiverem muitas faltas, sem número especifico, que estiverem prejudicando suas equipes e o andamento do campeonato, fica a cargo da comissão organizadora decidir se o atleta deve ou não continuar no campeonato seguinte, sem aviso prévio.

§ 9 º - Os atletas que tiverem atrasados com a mensalidade, poderão ser substituido por outro atleta durante o campeonato.

SEÇÃO II
DO NÚMERO DE ATLETAS

Art. 12º - Nenhuma partida da competição poderá ser disputada ou reiniciada com menos de 08 (oito) atletas, por quaisquer das equipes disputantes.

§ 1º - Os horários de início das partidas deverão ser seguidos, rigorosamente, tendo como referência o horário de Brasília, na hipótese do não atendimento do previsto neste artigo, o árbitro aguardará até 15(quinze) minutos após a hora marcada para o início da 1ª (primeira) partida,caso a partida comece depois do tempo limite, será decrescido o tempo de partida na mesma proporção do tempo de atraso. Caso haja apenas uma equipe regularmente presente, será declarada vencedora pelo escore de 1x0.
§ 2º - Se o fato previsto no parágrafo anterior ocorrer com ambas às associações, as duas serão declaradas perdedoras pelo escore de 1x0.

§ 3º - Se uma partida teve início e uma das equipes ficar reduzida a menos de 07 (sete) atletas, ela perderá os pontos para a adversária. O resultado da partida será mantido se no momento do encerramento, se a equipe adversária estiver vencendo a partida, Caso contrário, o resultado será de 1x0.
§ 4º -
O tempo de tolerância para o início do jogo para as partidas subsequentes será de 05 (cinco) minutos, após o encerramento da partida anterior. Para o não comparecimento no horário determinado, aplica-se o WO à equipe ausente.
§ 5º -
As Equipes, bem como seus atletas deverão estar em condições de jogo 10 (dez) minutos antes do inicio da partida.

CAPÍTULO V
DA ARBITRAGEM

Art. 13º - A arbitragem das partidas da competição ficará a cargo da Comissão Organizadora.

§Único - Os árbitros da Lista de Árbitros da Comissão Organizadora, ao se apresentarem para o exercício de suas funções, deverão estar regularmente uniformizados e conduzindo, exclusivamente, o equipamento na forma estabelecida pela Comissão.
Art. 14º - Nenhuma partida deixará de ser realizado pelo não comparecimento do árbitro principal, os árbitros assistentes ou árbitro reserva.
§Único -
Na ausência total da arbitragem, fica definido que a Comissão Organizadora definirá um Substituto.
Art. 15º - O árbitro só dará início à partida, após verificar, pessoalmente, se o capitão das equipes disputantes assinarem a súmula da partida, depois de suas identificações.
§Único -
O árbitro deverá anexar á sumula as relações apresentadas pelas equipes contendo as escalações.
Art. 16º - A comissão organizadora é a única autoridade para decidir, no campo, o adiamento, antecipação ou suspensão de uma partida.
Art. 17º - Nos casos de adiamento, interrupção ou suspensão de partida, a comissão organizadora deverá em seu relatório, narrar a ocorrência, minuciosamente, indicando os responsáveis, quando for o caso.

§Único - Qualquer equipe que vier a solicitar o veto a determinado árbitro deverá fazê-lo por escrito. Isto, entretanto, não implica em afastamento arbitrário ou automático. Somente a Comissão Organizadora poderá tomar esta atitude.

CAPÍTULO VI
DOS RESPONSÁVEIS

Art. 18º - Cada equipe terá seu Representante, que se encarregará de colocá-la em campo nos horários e datas estabelecidas na tabela, fazendo-se representar nas reuniões da organização, podendo designar um substituto para esta função. Cabe ao capitão, verificar a presença dos jogadores de seu time.
§Único - Cabe a cada equipe enviar um representante após as partidas, para verificar o preenchimento da súmula com os gols e cartões assinalados pela arbitragem e qualquer reclamação ou erro deverá ser comunidado de imediato, não sendo aceito reclamações futuras.


CAPÍTULO VII
DA COMPETIÇÃO

Art. 19º - As partidas serão disputadas de acordo com as regras a seguir estabelecidas:

a) O número de jogadores em campo será 11 (onze), 10 na linha e mais o goleiro. No mínimo, serão 07 (07 na linha e mais o goleiro);

b) Calçado: chuteira de travas ou society (não será permitido o uso de tênis, chuteiras com travas de alumínio ou osso e nem jogar
Descalço. Caso algum atleta adentre o campo para atuar e esteja em desacordo com as normas deste, deverá ser punido com cartão amarelo e ser substituído para a efetiva troca de calçado;
c) É opcional o uso da braçadeira de capitão;
d) É proibido aos integrantes da equipe, enquanto estiver em campo de jogo, ingerirem bebidas alcoólicas. A desobediência a este item acarretará em advertência e expulsão do campo de jogo;
e) Será obrigatório o uso de uniforme (Camisa, calção e meião).
f) Somente será permitido o uso de camiseta branca por baixo da camisa do uniforme.

§ 1º - Adiado ou suspenso definitivamente um jogo, por motivos alheios à vontade das equipes disputantes, será marcada nova data para a sua realização.
§ 2º - Dos jogos que não se realizarem por virtude de adiamento, suspensão ou anulação, poderão participar todos os atletas que tinham condições de jogo no dia da partida adiada, salvo casos de falecimento posterior de atleta participante.
§ 3º - Se uma partida, por motivo de força maior, for suspensa até os 15 minutos do 1º tempo, deverá ser marcada uma nova partida, mantendo-se os cartões amarelos e vermelhos registrados até aquele momento.
§ 4º - Se a suspensão da partida ocorrer até os 10 minutos do 2º tempo, deve ser complementada em outra data, observado o parágrafo 3º deste artigo. Se a suspensão da partida ocorrer após 10 minutos do 2º tempo, a partida será considerada encerrada, mantendo-se o resultado da mesma.
§ 5º - Uma partida só poderá ser interrompida ou suspensa, quando ocorrer os seguintes motivos justificáveis:
a) Campo impraticável por motivos de alagamento ou chuvas torrenciais, que possam ocasionar lesões aos atletas e prejuízo ao campo de jogo;
b) Conflitos ou distúrbios graves, envolvendo atletas e torcedores no campo e, por extensão, fora dele.

Art. 20º - A contagem de pontos será realizada da seguinte forma:

I - Em caso de vitória............................................................3 pontos
II - Em caso de empate......................................................... 1 ponto

Art. 21º - Para desempate na fase classificatória, em qualquer posição, será adotado o seguinte critério, pela ordem:
a) Menor número de WO
b) Confronto direto (somente entre duas equipes); com saldo de gols do confronto, caso haja uma vitória para cada lado no confronto;
c) Maior número de vitórias;
d) Saldo de gols;
e) Ataque mais positivo;
f) Defesa menos vazada;
g) Sorteio.

Art. 22º - Os jogos da 1ª Fase serão disputados em 02 tempos de 30 minutos, com intervalo de 05 minutos.

CAPÍTULO VIII
DA DISCIPLINA

Art. 23º - A equipe que, mesmo depois de advertida pelo árbitro, e após 20 minutos, se recusar a continuar a partida, ainda que permaneça em campo, sofrerá as seguintes punições:

a) Se estiver vencendo a partida ou se o placar estiver empatado no momento da recusa, será declarada perdedora pelo escore de 1x0, saindo-se vencedora a equipe adversária;
b) Se era perdedora, no momento da recusa, será mantido o placar;

Art. 24º - Todas as equipes serão constantemente fiscalizadas, no decorrer da competição, de forma que obedeçam aos critérios estipulados. A não observância a este Regulamento implicará à equipe infratora a perda dos pontos das partidas em que atletas irregulares tenham atuado.

CAPÍTULO IX
DA CLASSIFICAÇÃO DISCIPLINAR – PUNIÇÕES

Art. 25º - De acordo com o registro do árbitro, na súmula de jogo, as infrações serão punidas, automaticamente, conforme tabela de punições, abaixo:
a) Cartões Amarelos:

. A suspensão será automática para a próxima partida, caso o atleta acumule três cartões amarelos.
. 1ª série com 03 cartões: Suspensão por 01 jogo
. 2ª série com 03 cartões: Suspensão por 02 jogos
. 3ª série com 03 cartões: Suspensão por 03 jogos e assim por diante.

Cartões Amarelos são zerados para o próximo campeonato. Não fica o atleta suspenso para o próximo campeonato, mesmo que tenha tomado o terceiro amarelo.

b) Cartões Vermelhos:

1. Falta técnica (retardar jogo, qualquer indisciplina).
Punição: Suspensão por 01 jogo. Na reincidência: 01 jogo;

2. Entrada desleal com ou sem contusão do adversário.
Punição: Suspensão por 01 jogo. Na reincidência: 02 jogos;

3. Revide de falta.
Punição: Suspensão por 01 jogo. Na reincidência: 02 jogos;

4. Ofensa moral aos árbitros, seus auxiliares, dirigentes, atletas e/ou funcionários desta Associação (ou até o mesário, massagista, gandula contratados), durante ou após o encerramento da partida e atitudes indecorosas.
Punição: Suspensão por 01 jogo. Na reincidência: 02 jogos;

5. O goleiro que for expulso com cartão vermelho, poderá atuar para outra equipe que não for a sua, desde que não seja julgado. E cumprirá suspensão apenas pela equipe que atua;

6. Agressão física (tentativa e/ou consumada) ao árbitro, seus auxiliares, dirigentes, atletas e/ou funcionários desta Associação (ou até o mesário, massagista, gandula contratados), durante ou após o encerramento da partida.

Punição: Eliminação automática do Campeonato.
Obs.: Ficará a cargo da Comissão disciplinar, julgar todas as expulsões, Assim como no caso de agressão física ficará a cargo da comissão disciplinar se o atleta poderá participar dos próximos Campeonatos.

7. O cartão vermelho tira o cartão amarelo tomado na mesma partida.

8. Jogador que levar cartão vermelho na última partida do Campeonato, deverá cumprir suspensão na primeira partida do Campeonato seguinte.

CAPÍTULO X
DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

Art. 26º - A súmula é o único documento hábil para servir de orientação do enquadramento disciplinar dos atletas.

Art. 27º - A Comissão Organizadora acolherá e analisará os recursos impetrados por representantes ou substitutos das equipes, até 02 (dois) dias úteis após o fato motivado, cabendo a ela aceitar ou não o referido recurso.

Art. 28º - O Rio Branco Esporte Clube adotará o Termo de Responsabilidade, constando a isenção de responsabilidade do Clube, quanto às lesões físicas de atletas, caso ocorram, bem como à inaptidão dos mesmos para a prática desportiva (problema de saúde).

Art. 29º - Casos omissos e situações que não constem deste Regulamento serão analisados pela Comissão Organizadora e Disciplinar, instalada pela Gerência Executiva do Rio Branco Esporte Clube, constituída de, pelo menos, 02 (dois) de seus membros.

CAPÍTULO XI
DA DISPUTA DO CAMPEONATO

Art. 30º - A Fórmula de Disputa do. 20º CAMPEONATO INTERNO DE FUTEBOL DE CAMPO VETERANOS 2018.

§ 1º - O campeonato será disputado em pontos corridos, onde as 06 Equipes jogarão entre si, em sistema de ida e volta, totalizando 10 rodadas. Os pontos não serão zerados no segundo turno.

§ 2º - Serão classificadas para as semi-finais, as quatro equipes que somarem o maior número de pontos ganhos nos dois turnos, prevalecendo o critério de desempate, conforme o capítulo VII no artigo 21º.

§ 3º - Nas semifinais, jogaram em partida única, o classificado em 1º lugar, contra o classificado em 4º lugar, sendo que o 1º colocado tem a vantagem de empate. E o classificado em 2º lugar, contra o classificado em 3º lugar, sendo que o 2º colocado tem a vantagem de empate.

§ 4º - Haverá decisão, de 5º e 6º lugares, em jogo único entre as duas equipes que não se classificarem, prevalecendo o empate para a equipe que estiver ficado em 5º lugar na classificação final. Neste jogo poderão jogar todos os jogadores de qualquer equipe e qualquer faixa, inclusive os jogadores que estão suspenso, desde que não seja por cartão vermelho ou por julgamento e também convidados poderão completar as equipes, caso seja necessário. Os gols não contarão para efeito de artilharia. Os cartões amarelos não serão considerados para o próximo campeonato, somente os vermelhos. A partida deverá terminar antes do horário do proximo jogo.

§ 5 º - Haverá decisão de 3º e 4º colodados, entre as duas equipes que perderem as semi-finais, em partida única, sendo que terá vantagem de empate a equipe que tiver melhor campanha na classificação geral dos turnos. Neste jogo poderão jogar todos os jogadores de qualquer equipe e qualquer faixa, inclusive os jogadores que estão suspenso, desde que não seja por julgamento e também convidados poderão completar as equipes, caso seja necessário. Os gols não contarão para efeito de artilharia. Os cartões não serão considerados para o próximo campeonato. O horário da partida será definido pela comissão organizadora e deverá terminar antes do horário do próximo jogo.

§ 6 º - A Final será decidida em partida única, sem vantagem de empate. Caso haja empate, será decidida nos penaltis, com 5(cinco) cobranças alternadas para cada equipe. Prevalecendo o empate, será feita mais uma cobrança para cada equipe sucessivamente, até que haja um vencedor. O horário da partida será definido pela comissão organizadora.

Art. 31º - O Tempo de Duração de Cada partida: Serão jogados 02 tempos de 30min.

Art. 32º - Horário de Inicio das Partidas pelo horário de Brasília. Fica estabelecido que a 1ª partida terá inicio as 14hs00min , a 2ª partida terá inicio as 15hs10min, e a 3ª as 16hs20min respectivamente. Quando por motivo de falta de luz natural, as partidas terão início as 13hs50min, 15hs00min e 16hs10min, respectivamente. Quando horário de verão as partidas terão início as 14hs30min, 15hs40min e 16hs50min, respectivamente.

Art. 33º - As equipes serão divididas por faixas de índices técnicos, definidos pela Comissão organizadora e/ou disciplinar.

Art. 34º - A escolha dos Atletas que irão compor as equipes ficará a cargo da Comissão Organizadora.

CAPITULO XII
DAS SUBSTITUIÇÕES

Art. 35º - Substituições durante a partida: serão livres, podendo ser utilizados todos os jogadores reservas, desde que avisem à mesa. O atleta substituído poderá retornar ao campo, obedecendo à linha central do gramado;

Art. 36º - Só serão permitidas as substituições de um atleta para a outra equipe, se o atleta estiver classificado como faixa 04(quatro) ou 05(cinco) ou for goleiro (pode jogar na linha).

Art. 37º - Qualquer atleta de linha de outra equipe poderá substituir o goleiro, caso seja necessário, independentemente da faixa.

§Único - Em caso de lesões e ou situações alheias às demais acima, a decisão ficará a cargo da Comissão Organizadora.

CAPITULO XIII
DAS PARTIDAS SUSPENSAS

Art. 38º - Fica definido que as partidas adiadas serão realizadas no próximo sábado subsequente.


_____________________________________
EQUIPE


______________________________ _______________________
COMISSÃO ORGANIZADORA - . COMISSÃO DISCIPLINAR


___________________________
PRESIDENTE