: : LUISÃO : :


Amaral e Luisão

Filho de Peixe, Peixinho é...Há alguns anos atrás, Mario “Goiaba”, nascido Mario Miguel da Silva, atleta da Ponte Preta de Campinas, do Campinas, do Cantusio e do Mogiana, entre outros, estava parando de jogar futebol, mas colocava muita fé em seus herdeiros para que viessem a brilhar no mundo da bola. Um deles, “Amaral”, nascido Mario Luis da Silva, seguiu seus passos e foi juvenil da mesma Ponte Preta, depois do Guarani F.C. e Junior do Paulista F.C. de Jundiaí.Seguiu carreira como profissional jogando pelo Paulista de Jundiaí, Serra Negra E.C. , Itapira F.C. e Amparo A.C., onde teve seus grandes momentos, como a ascensão à Divisão Intermediaria da Federação Paulista de Futebol, objetivo muito cobiçado e difícil de se conseguir na carreira.
Em Amparo, Amaral encontrou Dona Arlete e constituiu família (Anderson Luis, Alexandro, Andrei e Andressa) fincando raízes e tornando-se muito conhecido e querido na comunidade. Mesmo encerrando sua carreira como atleta profissional, Amaral continuou ativo na área esportiva como treinador de escolinha de futebol.
Primeiro na Carlota, onde recebia os ensinamentos o seu primogênito Anderson Luis, depois no Peraltas, e finalmente no Rio Branco E.C, onde a família se completaria com Alexandro e Andrei. É a partir do Rio Branco E.C. que as conquistas de Anderson Luis, ou Luisão, se iniciam.Em 1996 o Rio Branco E.C. é Campeão da 1a. Copa de Futebol de Paulínia, na categoria Infantil. Nesta mesma categoria, a equipe vence a Copa Serra Negra de Futebol em 1997 e o Torneio Inicio da Copa Juliano Piffer ,em Amparo, também em 1997.

Copa Serra Negra de Futebol
* 1997 *

Em Pé: Toninho Costa, Tochio, Rafael, Otávio, Luisão, Rogério, André, Gustavo, Anselmo, Clodoaldo, Isaias, Elison
Agachados: Amaral, Dioguinho, Leandro, Bil, Ricardo, Luiz Daniel, Batata, Mateus e Toninho Neves.

Torneio Inicio da Copa Juliano Piffer * 1997 *

Em Pé: Amaral, Paco, Gustavo, Marinho, Isaías, Luisão, Maluco, Claiton, Daniel, Denis, Elison
Agachados: Lelo, Ricardinho, Toco, Cesar, Lambari, Da Silva, Charles, Tinho, Iesley


Como Juvenil, estava na hora de sair a campo em busca de uma formação mais adequada. Surge uma oportunidade no São Paulo F.C., e por três meses as chances de se firmar são poucas e a decisão de mudança é tomada.Nova oportunidade agora no S.C. Corinthians Paulista, e a novela anterior se repete. Surge então a oportunidade com a Euro Sport que mantinha uma parceria com o C.A. Juventus, onde novos jogadores estavam sendo lançados.O Juventus monta um time competitivo e é Campeão Paulista Juvenil de 1998. A estrutura é mantida e a equipe é Vice Campeã Paulista Junior de 1999 e Vice Campeã da Taça São Paulo de Juniores de 2000. Depois desta exposição, as portas se abrem e Luisão é contratado pelo Cruzeiro E.C.. Como Junior é Campeão Mineiro de Juniores de 2000.Disputa neste ano a Copa João Havelange, e a Copa do Brasil e estréia como profissional na Copa dos Campeões de 2000, jogando contra a S.E. Palmeiras Destacando-se nestas competições, Luisão é convocado para a Seleção Brasileira Sub-20 e disputa o Mundial Sub-20 na Argentina em 2001.

Como titular do Cruzeiro E.C. é Campeão da Copa Sul-Minas de 2001 e disputa a Copa Libertadores da América de 2001.Saindo-se bem é convocado pela primeira vez para a Seleção Brasileira Principal e participa da Copa América de 2001.Em 2002, as vitórias continuam com a Conquista da Copa Sul-Minas e o Super Campeonato Mineiro e o Vice Campeonato das Copas dos Campeões, encerrando o ano com a convocação para a Seleção Brasileira Principal ,que fez a Despedida do Zagalo na Korea.Em dois anos e meio como profissional, Luisão fez mais de 100 jogos com a camisa do Cruzeiro E.C. e marcou 13 gols.No ano de 2002, Luisão participou de 96,2% dos jogos do Cruzeiro E.C., ficando de fora de 2 jogos por estar suspenso com cartões amarelos. No inicio de 2003, é convocado para a Seleção Brasileira Sub-23 para a disputa do Torneio Internacional do Qatar.

Logo após é convocado para os amistosos contra a China,Portugal e México, todos pela seleção principal,Participou de todo o 1o turno do Campeonato Brasileiro de 2003, onde o Cruzeiro EC dominou plenamente e foi o Campeão Brasileiro de 2003.

No inicio do 2o. turno foi vendido para o SL Benfica de Portugal. e disputou a temporada 2003/2004, jogando a Copa da UEFA, chegando até as oitavas de finais, a Superliga Portuguesa conseguindo o vice-campeonato e a vaga para a Liga dos Campeões da Europa e finalmente a Taça de Portugal, onde venceu na final o poderoso Porto FC, atual campeão da Liga dos Campeões, e conquistando assim o titulo. Novamente é convocado para a seleção principal, agora para o jogo festivo do centenário da FIFA, contra a seleção francesa e é o único atleta a não ser substituído durante a partida.

Convocado para as eliminatórias para o jogo contra a Argentina, é cortado por sofrer uma lesão na coxa, mas o futuro tinha preparado um momento maior, pois após a recuperação, foi convocado novamente, agora para a Copa América e chega ao jogo final, justamente contra a Argentina, onde marca um gol e ajuda a seleção a ser Campeã da Copa América de 2004.

Na temporada 2004/2005, manteve-se no grupo da seleção principal sendo convocado sucessivamente para participações nas eliminatórias da Copa do Mundo de 2006 e ajudou o SLBenfica a quebrar um tabu de 11 anos ao ser Campeão Português de 2004/2005. Lesionado, não participou da partida final da Taça de Portugal onde a equipe foi vice campeã, e foi convocado, mesmo fora de ação, para o grupo da seleção brasileira que foi Campeão da Copa das Confederações em 2005. Com todos estes resultados, muitos clubes da Europa tentaram o seu concurso, mas acabou renovando com o SLBenfica até 2011. Para a temporada 2005/2006, o Benfica priorizou a disputa da Copa dos Campeões e Luisão tornou-se o único atleta da equipe a disputar todas as partidas até o seu final, participando da maravilhosa campanha que foi coroada com a eliminação do atual campeão, Liverpool, com duas vitórias e um gol seu.Entretanto, a equipe foi eliminada pelo Barcelona nas quartas de finais, aonde depois, os espanhóis vieram a conquistar o titulo. Nesta participação , Luisão chegou a 23ª partida na UEFA, e também chegou neste ano a sua 100ª partida com a camisa do clube europeu. Com todos estes números, veio a maior conquista da carreira de qualquer jogador: convocação para a Copa do Mundo. Mais uma vês, Luisão foi procurado por equipes européias, mas o Benfica não abre mão de seu futebol, pois é intenção do clube português chegar ainda mais longe nesta temporada.