: : DA SILVA : :


Desde pequeno é possível perceber o talento tanto para sambar como para jogar futebol, duas das maiores alegrias do povo brasileiro, ainda mais se tudo isto acontecer em nosso quintal. Fabiano da Silva, o “DA SILVA”, filho de Dona Antonia e do Sr. José Carlos da Silva mais conhecido como “Tiburcio”, o da escola de samba, já se destacava com sua ginga nas escolinhas do Amparo A C, próximo de sua residência e depois no Rio Branco EC, antes de atacar, juntamente com seu irmão Ricardo, este passista, tocando tamborim na bateria do GR Marson, nos carnavais amparenses. Completam a família os irmãos Eduardo e Silmara. Com doze anos já alternava participações pelo Rio Branco E C e pelo Guarani de Campinas, onde permaneceria por quatro anos.

Após este período, surge uma oportunidade no São Paulo FC, ainda na categoria de base, sempre alternando treinamentos no Rio Branco EC, quando veio a conhecer Thais, mãe de seus dois filhos, Laís (7 anos) e Fabio (recém nascido), iniciando o período de maior dificuldade de sua carreira. Nesta época, trabalhou no Rio Branco EC ajudando na manutenção do gramado e das dependências do clube. Surge uma grande oportunidade e Da Silva vai à capital jogar no C A Juventus, com dezessete anos. Com uma boa passagem pelo clube grená, Da Silva chama a atenção do Ituano FC, que se interessa por seu futebol. Esta é uma das passagens mais interessantes de sua carreira. Como o Ituano já possuía uma estrutura muito boa na época, o interesse foi mútuo e o Juventus valorizou o atleta, o que dificultou a negociação.

Com a negociação emperrada, o Rio Branco EC mostra interesse em comprar o seu passe, o que é facilitado pelo Juventus, pois Da Silva desejava retornar a sua cidade. É feita uma rifa para angariar o valor pedido pelo Juventus (R$ 3.000,00), e sabendo disto, o Ituano empresta o montante ao Rio Branco EC que repassa Da Silva ao clube de Itu. É o inicio de uma longa carreira que passa pelo Flamengo/Piauí - 1ª.divisão - no 1º. Semestre e pelo Capivariano/SP – B2 - no 2º. Semestre de 1999. Em 2000, Da Silva conhece o Ceará, jogando pelo Juazeiro do Norte – 1ª. Divisão Em 2001, volta a São Paulo para ser Campeão da A3 pelo São Bento de Sorocaba, no 1º. Semestre e Campeão da B2, pelo Primavera EC, de Indaiatuba, no 2º. Semestre.



Com as conquistas, Da Silva continua no Interior Paulista e joga no XV de Novembro de Piracicaba – A3, no 1º. Semestre e na A A Flamengo de Guarulhos – A2, no 2º. Semestre de 2002. Neste ano de 2003, Da Silva esteve disputando a A3 pelo Rio Claro FC e atualmente desfila seu futebol pelo SEUR Peraltas/Amparo, onde a garotada está tendo a oportunidade de ver um centro avante “liso” e oportunista, fazendo gols e com isso, mantendo a forma e acompanhando o crescimento de seu filho Fábio. Para 2004, Da Silva estará preparado para levar alegria por onde passar.